quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Foz do Iguaçu

Eis um destino que os brasileiros não dão muita importância, mas quando chegamos lá, vemos que na Europa todos conhecem Foz.

É um lugar tão impressionante que está concorrendo a uma das novas 7 maravilhas da natureza, junto com Grand Canyon, Floresta Amazônica, Galápagos e alguns outros.

Iguaçu, em Tupi-guarani, quer dizer "água grande". E é tudo o que vemos por lá. As Cataratas são formadas pelas águas do Rio Iguaçu. Há dois lados, o brasileiro e o argentino. No lado brasileiro, são aproximadamente 800 metros e no argentino, 1900. O número de saltos varia de 150 a 300, dependendo do volume das águas do rio. São 19 grandes saltos, sendo apenas 3 do lado brasileiro, fazendo com que a vista do nosso lado seja muito mais impressionante do que a proporcionada no parque dos hermanos.

Vamos ao que interessa, então. Primeira coisa a fazer, ainda no aeroporto, é alugar um carro, para ter mobilidade. Três dias são suficientes, portanto, basta um feriado coladinho com um fim de semana. Mas se houver possibilidade de um quarto dia, ou não conseguir se imaginar em Ciudad Del Leste, dá pra incluir a Hidrelétrica de Iatipu.

Primeiro dia: Parque das Aves e Cataratas do lado brasileiro. O Parque das aves fica no caminho para as Cataratas brasileiras. Vale a pena a parada de 1 ou 2 horas para contemplar aves e entrar dentro de viveiros enormes em que aves lindas fazem revoadas sobre nós.



 




 


Já no Parque das Cataratas, depois de conhecer todo o parque, fizemos um rappel muuuuito legal.







Um comentário:

  1. Amiga, estou indo para lá na última semana de outubro! Beijo!

    ResponderExcluir